segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Foi foi, foi ainda agora!

Foi ainda agora que vi, um Fiscal da Emel todo nú na varanda do meu quarto! Deve andar com o cio, estava-me para ali a esbracejar e a grunhir.
Dei-lhe com o barrote de madeira que tenho sempre junto á cama (não vá aparecer-me a meio da noite um Presidente de Junta em mangas de camisa e tanga), assim que lhe dei com o barrote fugiu-me para dentro do quarto, tanto andou que me virou o quarto de pernas para o ar, depois fugiu para a sala. Assim que acabei de fumar o meu cigarro á varanda fui ter com ele á sala, já ele estava no sofá a roncar de comando na mão, tinha-me urinado a carpete e partido o cão de loiça (que recebi como prémio daquela vez que salvei uma prostituta das garras de um travesti que a estava a assaltar, para lhe roubar o colar sexy), mandei-lhe um berro - MUAAAHAHI! - Abriu os olhos e olhámo-nos fixamente, mordemos ambos o lábio inferior, levantei a camisola toquei com o indicador na língua e depois coloquei-o no mamilo esquerdo e fiz - TSSSS... - Ele levantou-se do sofá aproximou-se e riu-se, deu-me dinheiro suficiente para pagar os estragos e saiu pela chaminé a tossir.


Senhor Do Seu Nariz

1 comentário:

  1. LOOOL!há com cada uma!!!!há que estar prevenido!

    ResponderEliminar